[Português]

Cá estamos nós de novo

Parte 1

A detetive olhou para a imagem no monitor que mostrava a sala de interrogatório e suspirou. Não lhe pagavam o suficiente para isto. Passou as mãos pela cara para se motivar e entrou na sala. Sentado à mesa, com a cabeça apoiada numa mão estava o criminoso do costume.

A detetive bateu com a porta e ele olhou para cima com um ar impaciente.

Parte 2

— Cá estamos nós de novo.

— Eu não faço questão, mas vocês insistem.

— A desviar a culpa para os outros, como é habitual seu. Já não me surpreende.

— Posso saber ao menos porque é que estou aqui outra vez? 

— Não se faça de parvo. Porque não se sabe comportar quando é libertado. E uma avó? Devia ter vergonha.

— Eu não queria, a sério. Mas não vi outra maneira.

Parte 3

— Ainda por cima, foi apanhado a vestir as roupas da senhora. Um verdadeiro depravado!

— Não esteja a deturpar o que aconteceu. 

— Ai, não? Pois, é mesmo assim que o seu caso vai ser vendido em tribunal.

— Não, isso não! Eu tenho uma reputação a manter. Eu só queria comer a Capuchinho Vermelho, mas ela consegue sempre dar-me a volta…

[Tradução]

Here we are again

Parte 1

The detective looked at the image on the monitor displaying the interrogation room and sighed. They didn’t pay her enough for this. She rubbed her face to motivate herself and entered the room. Sitting at the table, head propped on one hand, was the usual suspect.

The detective slammed the door, and he looked up with an impatient expression.

Parte 2

“Here we are again.”

“I don’t ask for it, but you guys keep insisting.

“Always deflecting the blame, as is typical for you. It no longer surprises me.

“Can I at least know why I’m here again?

“Don’t play dumb. Because you can’t behave when you’re let out. And a grandmother? You should be ashamed.

“I didn’t want to, really. But I saw no other way.

Parte 3

“On top of that, you were caught wearing the old lady’s clothes. Truly depraved!

“Don’t twist what happened.

“Oh, I won’t? Well, that’s exactly how your case will be portrayed in court.

“No, not that! I have a reputation to uphold. I just wanted to eat Little Red Riding Hood, but she always outsmarts me…

Vocabulary

  • não fazer questão: to not insist on, to not ask for
  • como é habitual (seu): as it is typical (of you)
  • ao menos: at least
  • fazer-se de parvo: to play dumb
  • a sério: really
  • ainda por cima: on top of that
  • deturpar: to twist (words, a situation)
  • dar a volta (a alguém): to outsmart (someone)